A Companhia de Quatro Mulheres foi fundada em 2011 e é composta pelas atrizes Andrezza Abreu, Anita Chaves, Karina Ramil e Lorena Comparato. As quatro realizadoras buscam sempre abordar as questões do cotidiano. Seus trabalhos apresentam temas profundos em estrutura cômica. Também abordam relações através do olhar feminino, sem cair no clichê, com o intuito de colocar no palco histórias divertidas para todos.

 

          Em 2013, a Companhia participou do FESTU - Festival Nacional de Teatro Universitário com a cena RICARDO na mostra nacional, competindo com diversos esquetes do país inteiro. Nessa edição, o júri era formado de nomes importantes das artes cênicas como Otávio Augusto, Fabíola Nascimento, Gringo Cardia, Bruce Gomlevsky, Pedro Kosovsky, dentre outros. RICARDO recebeu os principais prêmios: "Melhor Esquete Pelo Júri Popular" e "Melhor Esquete Pelo Júri Oficial", todos no FESTU-Rio.           

 
 
 

Sobre a Companhia

    Trabalhos    

    Clipping    

    Contato    

    Integrantes    

Anita Chaves iniciou sua carreira no espetáculo infantil O DRAGÃO VERDE, vencedor do prêmio ZILKA SALABERRY de Melhor Espetáculo em 2008. A partir daí, integrou o elenco das peças O CAVALINHO AZUL, de Maria Clara Machado, direção de Cacá Mourthé; VALENTIN direção de Cico Caseira, que concorreu ao PRÊMIO QUALIDADE BRASIL 2009 nas categorias: Melhor Ator, Melhor Diretor e Melhor Comédia do Ano; EU E OS MENINOS, direção de Bernardo Jablonski e Cico Caseira, em 2012. Anita fundou a Companhia de Quatro Mulheres com as atrizes Lorena Comparato, Karina Ramil e Andrezza Abreu. Em 2013, elas estreiaram o espetáculo RICARDO, com direção de Debora Lamm e Carolina Pismel e texto da própria Companhia.Anita atuou em vários curta­metragens, como OS MORTOS VIVOS, direção de Anita Rocha da Silveira, exibido no Festival de Cannes em 2012. Na TV, participou de novelas da TV Globo GERAÇÃO BRASIL, em 2014 e BABILÔNIA, em 2015.Atualmente, ela participa da série JUACAS, que será exibida em 2017 no Disney Channel.

ANDREZZA ABREU é atriz e autora. Iniciou sua carreira no Teatro O Tablado, onde teve aulas com Hamilton Vaz Pereira, Bernardo Jablonski, Cacá Mourthé e Ernesto Piccolo. Estudou com Daniel Herz na Casa de Cultura Laura Alvim, Amir Haddad e Grupo Tá na Rua, Moacir Chaves, André da Costa Pinto, técnica Haber Philosophy e Intrépida Trupe. É formada no Método Fátima Toledo de Interpretação e fez workshop de Composição em Tempo Real com o diretor e coreógrafo português João Fiadeiro. Vencedora do FESTU Nacional em 2013, é co-fundadora da Companhia de Quatro Mulheres. No teatro, integrou o elenco da peça O BRAVO SOLDADO SCHWEIK (2012), direção de Bernardo Jablonski. Em 2013 estreou como autora e atriz do espetáculo RICARDO, da sua companhia, dirigido por Debora Lamm e Carolina Pismel. Na TV participou de PORTA ADENTRO do Porta dos Fundos para o Comedy Central (2017 à estrear), ROCKY STORY (2017) da Rede Globo, 220VOLTS (2016) e VENDEMOS CADEIRAS (2011) do Multishow, BALACOBACO (2012) da Rede Record, 70 E TAL do Canal Off, além de atuar em diversas publicidades. Também é dubladora, em destaque a voz da personagem “Emmarel Shadewarden” do jogo WORLD OF WARCRAFT e podcasts para OI Mobile​/Bemobi. 

Karina Ramil é atriz e autora. Atualmente integra o elenco da Porta dos Fundos e a Companhia de Quatro Mulheres. Ganhadora do prêmio de Melhor Atriz pelo espetáculo infanto-juvenil PATRICIA PIOLHO no Prêmio Zilka Salaberry 2015, com o qual já fez por volta de sete temporadas. Karina se formou em Artes Cênicas pela Universidade Cândido Mendes, RJ. Fez diversos cursos como: O Tablado por 13 anos,  Col.legi de Teatre de Barcelona, a Casa de Cultura Laura Alvim com Daniel Herz, cursos livre com Lucia Russo, Edson Erdmann, André Paes Leme, Vinicius Arneiro, Daniela Ocampo e Fernando Caruso e outros. No teatro, participou do espetáculo #BRONCADEQUÊ? com direção de Ernesto Piccolo, INFÂNCIA, TIROS E PLUMAS, direção Inez Viana, PATRICIA PIOLHO, direção Morena Cattoni, RICARDO, direção Debora Lamm e Carolina Pismel. PEER GYNT, direção Guida Vianna, O BRAVO SOLDADO SCHWEIK, direção Bernardo Jablonski. Em festivais, ganhou prêmios como o de melhor atriz no FESTU 2014 e 2013. Na TV, fez A FAVORITA e FINA ESTAMPA na TV Globo, QUERO SER SOLTEIRA e 220 wltz, no Multishow e DESTINO RIO DE JANEIRO na HBO.

LORENA COMPARATO é atriz e autora brasileira, nascida em Portugal, integrante da Cia de Quatro Mulheres.
Formada na PUC-Rio, intercâmbio na UCLA e muitos workshops, trabalhou com artistas renomados como Daniel Herz, Bruce Gomlevsky e outros. Na Globo fez PÉ NA COVA de Miguel Falabella e em 2016/2017 estreou nas novelas em ROCK STORY. Foi indicada ao Prêmio Zilka Salaberry 2014 de Melhor Atriz pelo espetáculo NADISTAS E TUDISTAS e venceu o prêmio de Melhor Atriz na Mostra Marília de Cinema. Em 2016 participou dos seriados E AI COMEU?! de Bruno Mazzeo e TOCs DE DALILA de Heloisa Perissé e participou do premiado filme MATE-ME POR FAVOR. É co-autora e atriz de NÃO TÔ ENTENDENDO NADA, indicado a 3 prêmios FITA 2016, e fez #BRONCADEQUÊ?, direção Ernesto Piccolo. Em 2017, além de participar de CIDADE PROIBIDA, de Mauricio Farias e Mauro Wilson, no teatro fez AGOSTO de Tracy Letts, direção de André Paes Leme.
 

Com o prêmio, a Companhia de Quatro Mulheres pôde montar seu primeiro espetáculo autoral, RICARDO, a partir da temática do esquete vencedor. As diversas fragmentos que compõem o espetáculo retratam a loucura gerada pela solidão humana, a partir de um ponto de vista feminino. A angústia das personagens faz com que elas criem novos sentidos para o real, gerando situações totalmente absurdas.

 

As quatro integrantes atuam e assinam o texto, com colaboração do ator convidado, Raphael Janeiro. A equipe do espetáculo é composta por nomes do teatro contemporâneo. A direção é de Debora Lamm e Carolina Pismel, que recentemente estiveram juntas em cartaz com os espetáculos "Maravilhoso" e "Os Mamutes". Renato Machado assina a iluminação do espetáculo e Luciana Duque é a diretora de produção.

 

Após uma curta temporada bem sucedida, no mês de outubro de 2013, com sessões lotadas e críticas muito positivas, o grupo teatral Companhia de Quatro Mulheres  reestreiou em Janeiro de 2014 a peça RICARDO no Teatro Maria Clara Machado, no Planetário da Gávea, onde cumpriu temporada de 5 semanas no horário nobre, de sexta a domingo. E em março de 2014, RICARDO participou do Festival de Curitiba.

PEÇA NA ÍNTEGRA 

 

Parte 1 - http://www.youtube.com/watch?v=_fcvE-7U0mE&feature=youtu.be

 

Parte 2 -http://www.youtube.com/watch?v=2gHO9ij_i4U&feature=youtu.be

 

Parte 3 -http://www.youtube.com/watch?v=r7kEDssc1b0&feature=youtu.be

Parte 4 - http://www.youtube.com/watch?v=OjyRSiWbXVU&feature=youtu.be

rjtv.png
1378659_584800211581511_853489932_n.jpg
04.jpg
1377126_586634998064699_2025050449_n.jpg
1235210_575370519191147_221246632_n.jpg
cultura.png
globo teatro perguntas.png
rio show.png
Sou o título da imagem.
Sou o título da imagem.
Sem o dia.png
Crítica Rodrigo Monteiro.jpg
 
 
RICARDO
RICARDO
RICARDO
RICARDO
RICARDO
RICARDO
RICARDO
RICARDO
RICARDO
RICARDO
RICARDO
RICARDO
Barbie6
Barbie5
Barbie7
970180_616112761743514_1773154463_n
festu_8
383164_2580362668790_715516546_n
380228_2610118972679_528201305_n
487363_4242457900132_1445249664_n
217186_603343229687134_23263660_n
969899_616111725076951_1472383662_n
944125_616111221743668_1266551967_n

Peças de Teatro

Cenas Curtas

- RICARDO (Premiado do Melhor Esquete pelo Júri Oficial e pelo Júri Popular na Mostra Nacional do FESTU-Rio 2013)

- A Outra História da Barbie (Premiado Melhor Esquete pelo Júri Popular do Festival Niterói em Cena 2010)

- Bonitinha , mas Ordinária

© 2015 por Companhia de Quatro

CONTATO PARA TRABALHOS:

2D Produções

luduque@doisd.net.br

produao@doisd.net.br

(21) 981239988

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now
Barbie6